Reconhecimento local (Galicia) Acampa 2021

Acampa pela paz e o direito a refúgio
Esculturas Reconhecimento

Indicações Propostas

para a

Reconhecimento local (Galicia)

Trata-se de um reconhecimento anual a entidades ou pessoas que tenham se destacado na defesa dos Direitos Humanos, que é uma das áreas de atuação do Acampa, juntamente com a luta pelo Direito a Refúgio, a defesa da Paz e o diálogo como fórmula para a resolução dos conflitos.

O objetivo deste reconhecimento é valorarizar a necessidade de defesa dos Direitos Humanos, apresentando o trabalho realizado por organizações ou pessoas como referência para toda a sociedade. Pretendemos colocar a mídia em foco no que concerne à situação do declínio dos Direitos Humanos em todo o mundo e quanto à importância de recuperá-los e defendê-los, tendo como exemplo a força da resiliência das organizações e pessoas que recebem este reconhecimento, que será proposto e votado por todas as entidades e pessoas que integram a Red Acampa Internacional.

Cocina Económica de A Coruña

Cocina Económica de A Coruña

La Cocina Económica da Coruña é uma associação caritativa fundada em 1886, de caráter privado, com seus próprios estatutos e cujo objetivo é fornecer refeições todos os dias do ano às pessoas menos dotadas economicamente ou sem recursos, que também podem ter acesso a serviços assistenciais e relacionados à higiene pessoal. Ela é dirigida por um Conselho de Administração, cujos cargos são honorários.

Muitos anos se passaram desde sua fundação, mas o firme compromisso de servir aos necessitados permanece intacto, o que nos incentiva a continuar trabalhando todos os dias com idéias renovadas e propósitos firmes. Isto se refletiu na criação do Serviço Integral de Limpeza e do Ponto de Solidariedade; na assistência de um Assistente Social; e no envio de refeições para as famílias para os bairros.

O entusiasmo de todos os cidadãos de bom coração no trabalho social da entidade nos permitiu alcançar os objetivos propostos. É por isso que podemos assegurar que o sucesso da Cozinha Econômica é um sucesso de todos os seus colaboradores.

www.cocinaeconomica.org

Proposta: Mª Antonia Trillo, Chuky

Proposta: Mª Antonia Trillo, Chuky

Cocina Económica de A Coruña

Ecodesarrollo Gaia

Ecodesarrollo Gaia

Ecodesarrollo Gaia, é uma organização não governamental (ONG) para o desenvolvimento sustentável, nascida em 1992 no âmbito da Conferência das Nações Unidas Rio-92 da UNCED, e que deve seu nome ao significado da palavra grega “Terra Madre”.

Trabalhamos dentro da estrutura de Direitos Humanos, Paz-No-Violência, Igualdade de Oportunidades de Gênero, Defesa Ambiental, Sustentabilidade, Equidade Norte-Sul e Equidade Intergeracional com a imigração e em projetos de cooperação e desenvolvimento internacional.

Colaboramos com ONGs ecológicas, sociais, culturais e de direitos humanos em nível espanhol e internacional e com a CITE – CCOO.

Trabalhamos com o Green Belt Movement e sua líder Dra. Wangari Maathai no Quênia, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz de 2004.

ONG solidária com os imigrantes que chegam a esta cidade, especialmente com os senegaleses, ensinando-lhes a língua, processando a documentação necessária, chegando ao ponto de acompanhar futuros pescadores às piscinas para aprender a nadar, instalando muitos colchões em seu local, enquanto não podiam alugar um apartamento, onde dormiam e no dia seguinte os pegavam e era novamente o lugar para recebê-los e ajudá-los. Não só as ajudam aqui, como também as ajudam com a alimentação, mas também construíram uma escola no Senegal que leva o nome da Corunha, uma oficina para meninas que tiveram que sair da escola, um secador de peixe….

Todos os anos eles vão com médicos para curar tudo o que podem, eles também vão em outra viagem com dentistas e também levam os jovens com eles em outra viagem para que possam ver como a vida é vivida no Terceiro Mundo e possam se dar conta disso.

Eles trabalham pela paz e ecologia, a defesa da mulher e entre muitas outras atividades publicaram um livro maravilhoso chamado “Água de Ferro”, onde explicam claramente porque a imigração (exploração e roubo de seus recursos), assim como tudo o que devemos fazer para não prejudicá-los e a nosso maravilhoso planeta.

www.ecodesarrollogaia.org

Proposta:  Vangarda Obreira
                 Concha González
                 María José Escudero

Proposta:  Vangarda Obreira
                 Concha González
                 María José Escudero

Ecodesarrollo Gaia

Leticia Santaballa Santos

Leticia

Leticia Santaballa Santos. Psicólogo, técnico de projetos e especialista em migração. Formada em Psicologia (Universidade de Santiago de Compostela e Universidade de Gales do Sul), orientou sua carreira para os estudos de desenvolvimento local e migração, completando um mestrado em cooperação internacional, com mestrado em gestão do desenvolvimento local integrado (Universidade de Valência) e mestrado em Políticas Sociais e intervenção comunitária, com especialidade em Migrações (Universidade de A Coruña).

Ela é pesquisadora PhD no projeto Espaços Acolhedores. Durante sua tese de mestrado, ela conduziu uma pesquisa auto-financiada sobre experiências locais e práticas de integração em vários níveis para requerentes de asilo e refugiados em toda a península espanhola, focalizando a relação criada com a sociedade civil. Alternando estudos acadêmicos com trabalho de campo em migração, ela tem ampla experiência de trabalho na Espanha, Grécia
experiência de trabalho na Espanha, Grécia (onde passou sete meses como voluntária) e França, como técnica de intervenção social na recepção e inclusão da população migrante, integração de jovens migrantes em áreas rurais e urbanas economicamente desfavorecidas, participação local e parcial, gestão de campos de refugiados.
Ela é membro da ESOMI (Societies in Movement Research Team) como um projeto contratado e da associação de voluntários Simbiosis.

Proposta: Asociación Cultural Fuco Buxán

Proposta: Asociación Cultural Fuco Buxán

Leticia

Nicanor Acosta Alonso

 

Nicanor Acosta

Nicanor Acosta Alonso, 82 anos de idade. Militante anti-Franco, Nico tem participado dos movimentos sociais da cidade.

Promoveu as Festas pela Diversidade Cultural no bairro da Agra del Orzán, ainda promove o Fórum Galego da Imigração; promoveu a primeira Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência (2009-2010); destacou-se no movimento dos 15M participantes do acampamento e nas manifestações sempre com seu megafone.

Ele participou da Stop Evictions, ele organizou as pessoas afetadas pela burla dos “preferentes”.

Ele fundou a associação Fórum Própolis, cujas premissas têm sido um ponto de encontro para muitos movimentos sociais, e a partir do qual ele organiza mesas redondas sobre temas atuais.

Ele promoveu a segunda Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência.

Ele participa da Vangarda Obreira, da Acampa pola Paz e o Dereito a Refuxio e de mais causas.

Proposta: Mundo Sen Guerras e Sen Violencia
  
             Bernardo Seoane Díez

Proposta: Mundo Sen Guerras e Sen Violencia
  
             Bernardo Seoane Díez

Nicanor Acosta